Michael vibra com boa atuação e desabafa após vitória no Carioca

A partida decisiva entre Flamengo e Volta Redonda, por um lugar na decisão do Estadual, será no próximo sábado, dia 8, às 21h05, no Maracanã. Antes, contudo, o Rubro-Negro vai ao Equador enfrentar a LDU pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores, na terça.

O Flamengo deu mais uma passo importante rumo à decisão do Carioca. Neste sábado, o Rubro-Negro venceu o Volta Redonda por 3 a 0, no Raulino de Oliveira, e abriu grande vantagem na semifinal do Estadual. Agora, o time de Rogério Ceni só fica fora da final caso perca por quatro ou mais gols na volta. Pedro, com três gols, e Michael, com duas assistências, foram os destaques.

Com os dois times dispostos a correr riscos, o primeiro tempo no Raulino de Oliveira foi animado, com boas chances para cada lado. Apesar da opção de Ceni de usar uma equipe quase reserva – apenas Diego Alves, Arão e Everton Ribeiro iniciaram como titulares -, o Flamengo manteve seu estilo de jogo e, com mais qualidade, teve mais oportunidades claras. Foram 10 finalizações antes do intervalo, as principais com Pedro, Everton e Vitinho. Michael, pela esquerda, também foi bastante acionado, mas ninguém conseguiu marcar.

Michael e Pedro resolveram o jogo
O “lá e cá” continuou na volta do intervalo, mas a bola passou a entrar no gol do Volta Redonda logo aos quatro minutos. O gol foi de Pedro, dentro da área, mas o lance foi todo construído por Michael, que arrancou da direita, se livrou de dois marcadores e deu passe na medida para o camisa 21 abrir o placar.

Aos oito, Michael – agora pela esquerda – foi de novo a linha de fundo e cruzou para trás. Parecia replay, mas não era, e Pedro ampliou a vantagem do Rubro-Negro, que aproveitou os momentos de fragilidade do Volta Redonda no jogo.

Logo após o segundo gol, Diego Alves fez outra boa defesa em chute de MV e, com as entradas de Bruno Henrique, Arrascaeta e Diego, o Fla passou a ter um time mais experiente em campo, e soube administrar a partida até o final. No apagar das luzes, já nos acréscimos, o uruguaio deu uma linda assistência para Pedro, que fez o seu terceiro gol: o primeiro hat-trick do camisa 21 rubro-negro.

– O atleta tem que querer jogar, certo? Ele quer sempre jogar, mas procuro sempre respeitar meus companheiros. Não significa que sou acomodado, significa que sei respeitar o espaço de cada um. Pedi para voltar antes? Sim, porque eu queria jogar, então fui feliz hoje e estou conseguindo colher frutos do que plantei lá atrás. – Desabafou Michael

Assista a entrevista de Michael após a vitória sobre o Volta Redonda