Marcos Braz fala sobre o planejamento e reforços do Flamengo para 2021

Cansado, mas feliz. Assim, Marcos Braz terminou mais um ano de títulos à frente do futebol do Flamengo, mas não pretende descansar. O planejamento da temporada 2021 está em curso, e o objetivo é manter o time no topo. Para isso, apesar o orçamento ser mais curto, o elenco ganhará novas peças para elevar a concorrência.

– O Flamengo precisa se reforçar. É sempre importante oxigenar – afirmou o vice de futebol.

Em entrevista ao ge, Braz fez um balanço de 2020, relembrou decisões difíceis, como a demissão de Dome, e afirmou acreditar que foi um grande acerto ter segurado a pressão para manter Rogério Ceni até o fim do Brasileiro. E também para 2021.

O VP de futebol do clube explicou a negociação avançada para a volta de Rafinha, falou sobre as constantes notícias que relacionam Jorge Jesus ao Flamengo e respondeu qual clima espera para o ano de eleição no clube.

Pela parte financeira e também por já ter um elenco que já veio sendo qualificado. No ano passado, contratamos alguns jogadores no início. Pedro e Thiago Maia eram empréstimo. O Pedro nós exercemos, e o Thiago chegamos a um bom acordo com os franceses para que tivéssemos mais tempo para recuperá-lo. Confiamos muito.

Agora, temos que fazer os ajustes. O Flamengo precisa se reforçar, acredito que é sempre importante oxigenar o ambiente do departamento de futebol. Mas com certeza não são os caminhos de quando chegamos, em 2019.

Assista a entrevista de Marcos Braz ao portal GE