Flamengo define preço mínimo para negociar De Arrascaeta

O Flamengo definiu internamente que não quer perder Giorgian De Arrascaeta. Mas mesmo assim, a diretoria entende que só passará a ouvir propostas pelo uruguaio caso uma oferta de ao menos 20 milhões de euros (cerca de R$ 135 milhões) chega à Gávea.

A informação foi revelada nesta sexta-feira (16) pelo jornalista Bruno Andrade em seu blog no portal UOL.
Segundo o veículo, este é o valor mínimo estipulado pelo clube para iniciar conversas com possíveis interessados em contratar o meia. A quantia é a metade da multa rescisória estipulada no contrato de Arrascaeta com o clube carioca, que tem validade até dezembro de 2023. Esse, inclusive, é um ponto que pode gerar tensão no Flamengo nos próximos dias.

Ainda segundo a publicação, a diretoria e o empresário do meia conversam sobre um possível aumento salarial ao uruguaio, que foi alvo do Al Nassr, da Arábia Saudita, em 2020. À época, o Rubro-Negro recusou uma proposta de 15 milhões de euros por seu titular.

Enquanto seu staff discute as questões contratuais, Arrascaeta se recupera de uma entorse no tornozelo direito, que deixou o meia de fora da partida contra o Vasco, no Campeonato Carioca, quando o Rubro-Negro foi derrotado por 3 a 1.

Neste momento, a expectativa da comissão técnica é saber se poderá contar com o uruguaio na próxima terça-feira (20), quando o Flamengo estreia na Conmebol Libertadores, na Argentina, contra o Vélez Sarsfield.